Carnaval de rua: o que sobrou?

Olá amigos, bem-vindos sempre!

Novo post no site Eu sem Fronteiras. Conto uma experiência pessoal de um sábado em que me vi presa entre os blocos de pré-carnaval em Pinheiros.

Também explico de forma simples alguns temas da psicanálise que analisei nesse episódio, deixando sempre a dica de cada um pensar em qual é a sua parte em tudo isso.

Passem por lá, um grande abraço e até a próxima!

Acessem: http://bit.ly/2mTVRkT

 

Anúncios

A dor é necessária

Olá amigos, sejam muito bem-vindos novamente ao blog. É sempre um prazer ter vocês por aqui.

Saiu mais um post meu no site Omkhara.com, hoje falo sobre dor e sofrimento. Quantas vezes nos colocamos como vítimas do mundo e não olhamos a dor com os olhos do amor. Se tivermos coragem aprofundar em nosso eu interior entenderemos que cada dor traz com ela uma lição. E, todos os dias, temos a valiosa oportunidade de aprender com ela.

Espero que gostem, passem por lá. Um grande abraços a cada um de vocês!

Acesse: http://omkhara.com/a-dor-e-necessaria/

logo-para-site-grande

Você se considera paciente?

Boa tarde pessoal, saiu mais um post meu no site Omkhara.

Falo sobre a paciência, requisito fundamental para que possamos ser um pouco menos exigente com a gente e com o nosso próximo. A nossa porção de paciência mostra o quanto somos resistentes às frustrações da vida, o quanto somos egocêntricos e o quanto ainda nos consideramos superiores. Passem por lá. Um grande beijo no coração de cada um e uma ótima semana para todos nós! Acesse http://bit.ly/2jw2vI1.

logo-para-site-grande

 

Abra-se para o bem, abra-se para o bom!

good-1123013_1920

Olá pessoal, sejam bem-vindos sempre!

Percebo que muitas vezes nos fechamos para as coisas boas da vida, inconscientemente, acabamos bloqueando as portas para o nosso sucesso, seja ele profissional ou pessoal.

E como fazemos isso? Cada um é diferente do outro, é preciso um mergulho profundo no autoconhecimento, para que possamos aos poucos identificar as nossas próprias sabotagens.

A forma mais efetiva de bloquear ou abrir a nossa mente para o bem e para o bom é o pensamento. Ando escrevendo muito sobre isso porque quanto mais pessoas perceberem o valor do pensamento, acredito que o mundo será cada vez melhor.

Não precisa ir muito longe para entender e sentir o quanto somos afetados por coisas ruins. Se estamos em um lugar onde alguém está brigando, gritando, reclamando, se lamentando, nos sentimos mal. Se estamos em um lugar onde as pessoas são alegres, motivadas, acolhedoras, amáveis, nos sentimos bem. Pronto. Está aí o segredo de tudo.

Pessoas que pensam bem, vivem bem. Pessoas que pensam mal vivem mal.

E na maior parte do tempo pensamos mal. Avalie-se e verá.

Quando pensamos mal emitimos para o Universo energia negativa, o que ele pode nos enviar de volta? A mesma coisa. Somos todos conectados e somos conectados ao Universo. Isso é ciência. Então quando emitimos luz, recebemos luz, simples assim.

Se você tem um sonho, pense nele, acredite nele, visualize esse sonho sendo realizado e tenha atitudes positivas para sua conquista. Mas primeiramente é preciso ser bom, fazer o bem, ser o positivo que você quer pra sua vida e para a vida das pessoas que estão ao seu lado.

Não adianta sonhar com o bom e o bem  se no meio do caminho precisar passar por cima dos outros para conquistá-los. Não adianta buscar o melhor fazendo o pior. A colheita não será produtiva. Não adianta querer o mundo se guarda mágoas, tristezas, culpas e frustrações. A limpeza deve ser feita de dentro pra fora.

Seja bom, faça o bem, pense bem e o bem e o bom virá ao seu encontro.

Um grande abraço e até a próxima

Meditação

68. O amar caracteriza a plenitude da atitude cristã, despertando o ser espiritual, levando-o à aquisição da harmonia universal e do estado íntimo de felicidade.

 

Pare de focar na falta!

Olá amigos, sejam muito bem-vindos, estou de volta! Desejo a todos um ano de amor em primeiro lugar e que a cada dia possamos aproveitar a oportunidade de estar vivo e fazer um pouco mais por nós e pelo nosso próximo. Começo com um novo artigo no site Eu Sem Fronteiras, para recomeçar com gratidão e não com o foco na falta. Um grande abraço e até mais.

Segue o link: https://www.eusemfronteiras.com.br/pare-de-focar-na-falta/

14947583_1214238965286587_5873917365932585936_n

Promessas não cumpridas…

to-do-list-749304_1280

Olá pessoal, sejam novamente muito bem-vindos ao nosso espaço. Como sempre, é um prazer escrever para vocês. Hoje é o último post do ano e resolvi falar sobre as famosas “promessas para o ano novo”.

Acredito que todos nós em algum momento já fizemos promessas para o ano que se inicia: comer menos, fazer mais exercícios,  estudar mais, parar de fumar, de beber, entre outras. Mas é fato que poucas delas conseguimos cumprir verdadeiramente, na verdade, a grande maioria ficam para o próximo ano, não é?

Que tal este ano então a gente fazer diferente?

O problema das promessas é que geralmente estabelecemos metas que se colocarmos o amor verdadeiro veremos que são demais para nós. Criamos uma expectativa enorme de nós mesmos e quando sentimos que não vamos conseguir desistimos, geralmente na primeira queda. Não adianta nos idealizar, não adiantar fingir que não nos conhecemos e criar objetivos que só vão nos causar sofrimento e frustração.

Defina o que quer melhorar, e seja fiel no pouco. E não espere 2017, comece hoje, assim o seu cérebro já vai se acostumando a uma forma diferente de agir. Seja fiel no pouco.

E o que é ser fiel no pouco? É se esforçar para melhorar um pouco a cada dia, levantando quando cair e aprendendo com os erros, não se exigindo mais do que possa realizar, e nem do outro.

Ser fiel no pouco é fumar um cigarro a menos, é beber um copo a menos, é comer um pouco menos, é estudar um pouquinho mais, fazendo com que não seja um suplício realizar. Ser fiel no pouco é valorizar cada pequena conquista diária, entendendo-se como imperfeito e não desanimando no primeiro deslize.

Não espere o novo ano para se tornar uma nova pessoa, menos exigente, mais feliz. Procure estabelecer metas não apenas físicas, mas morais, cuide do corpo, mas cuide da mente e do espírito. Decida hoje ser uma pessoa melhor, compreendendo mais a pessoa mais próxima de você, para depois transmitir esse amor a todos. Amando-se mais para depois poder amar o outro.

Não se sabote criando metas que sabe que não irá cumprir. Crie metas curtas e realizáveis, crie metas de evolução, de autoamor e amor ao próximo. Avalie-se sempre e decida se está bem e feliz e realizando os objetivos, se estiver sofrendo você está no caminho errado. Amar é bom e viver tem que ser simples e leve.

Desejo a todos um excelente Natal para quem acredita no Natal, e um excelente da 25 para quem não acredita. Desejo que o ano que se inicia traga com ele um pouco de fidelidade no pouco, para que possamos, juntos, criar coisas grandiosas e espalhar o amor por onde passarmos.

Vou descansar um pouco e volto em 2017. Agradeço mais uma vez pelo carinho e força de todos vocês. Um grande beijo no coração de cada um e até a próxima!